Enfrente a crise e seja vitorioso

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Quando escrito em chinês a palavra crise compõe-se de dois caracteres: um representa perigo e o outro representa oportunidade. O exemplo clássico de alguém que fugiu de uma crise, na Bíblia Sagrada, no Antigo Testamento, é o profeta Jonas. Do que trata o livro de Jonas? Não é simplesmente sobre um grande peixe, ou sobre uma grande cidade, nem mesmo sobre um profeta desobediente, contudo é sobre Deus! O que fica muito claro é a forma soberana , amorosa , bondosa de Deus de sempre nos conduzir ao nosso destino e virar o jogo da nossa vida. Trata-se da vontade de Deus para cada um de nós, e eu creio que ainda que possamos fazer escolhas, Deus sempre vai invadir o cenário quando perceber que vamos colocar tudo a perder e fugir dos seus planos perfeitos.

“Para onde me irei do teu espírito, ou para onde fugirei da tua face? Se subir ao céu, lá tu estás; se fizer no inferno a minha cama, eis que tu ali estás também.Se tomar as asas da alva, se habitar nas extremidades do mar,Até ali a tua mão me guiará e a tua destra me susterá.”(Salmo 139.7-10)

Deus não quer que você fuja do problema. Jonas fugiu ou pelo menos tentou… Problemas são um grande problema! Desculpe a repetição, mas é que quando acabamos de resolver um , logo nos aparece outro, e quando este último acabou de ser resolvido, mais um intrometido problema surge repentinamente. É difícil pensar em solução?
Dê uma canseira no problema. Não há receita melhor para ficar desanimado do que quando a pessoa pensa que não há saída para a sua dificuldade. Ninguém marca em sua agenda o dia difícil, na verdade é como se esses momentos que não escolhemos passar fossem as letrinhas bem pequenas que não conseguimos ler no nosso longo contrato da história da vida.
Mas, a crise pode determinar um ponto de virada em sua vida. Jonas precisou ser engolido por um grande peixe para descobrir a vontade soberana de Deus e muitas vezes é o que acontece conosco, precisamos ser visitados por momentos de crise para descobrirmos o nosso real propósito.
Albert Einstein o grande físico alemão, fez uma declaração muito acertada sobre crise: “Não pretendemos que as coisas mudem, se sempre fazemos o mesmo. A crise é a melhor benção que pode ocorrer com as pessoas e países, porque a crise traz progressos. A criatividade nasce da angústia, como o dia nasce da noite escura. É na crise que nascem as invenções, os descobrimentos e as grandes estratégias. Quem supera a crise, supera a si mesmo sem ficar ‘superado’. Quem atribui à crise seus fracassos e penúrias, violenta seu próprio talento e respeita mais os problemas do que as soluções. A verdadeira crise é a crise da incompetência… Sem crise não há desafios; sem desafios, a vida é uma rotina, uma lenta agonia. Sem crise não há mérito. É na crise que se aflora o melhor de cada um…”

O Rei Josafá é pressionado por uma crise em seu reinado. Em 2 Cr 20.1-6 Ele se vê cercado por uma assustadora adversidade, de fato ele foi pego de surpresa.

“E sucedeu que, depois disto, os filhos de Moabe, e os filhos de Amom, e com eles outros dos amonitas, vieram à peleja contra Jeosafá.Então vieram alguns que avisaram a Jeosafá, dizendo: Vem contra ti uma grande multidão dalém do mar e da Síria; e eis que já estão em Hazazom-Tamar, que é En-Gedi.Então Jeosafá temeu, e pôs-se a buscar o Senhor, e apregoou jejum em todo o Judá.E Judá se ajuntou, para pedir socorro ao Senhor; também de todas as cidades de Judá vieram para buscar ao Senhor.E pôs-se Jeosafá em pé na congregação de Judá e de Jerusalém, na casa do Senhor, diante do pátio novo.E disse: Ah!Senhor Deus de nossos pais, porventura não és tu Deus nos céus? Não és tu que dominas sobre todos os reinos das nações? Na tua mão há força e potência, e não há quem te possa resistir.”
O rei Josafá estava diante de um quadro que não é muito diferente dos que acontecem em nossa realidade de vida. São fatos que muitas vezes indicam a nossa limitação humana, diante de uma circunstância terrivelmente negativa. Como o rei Josafá poderia enfrentar tantos inimigos ao mesmo tempo, com um pequeno exército e um povo despreparado para a guerra? E o pior de tudo é que tudo aconteceu muito de repente.
Josafá recebe uma notícia negativa e percebeu que não teria tempo suficiente para se preparar, a fim de enfrentar inimigos tão ferozes! Foi um choque para ele, ficou abalado em suas emoções porque não podia ver nenhuma saída ou uma solução para o seu dilema. O que Deus espera de nós em uma circunstância assim? Qual seria a melhor atitude num momento como esse?
Certamente a melhor saída não é fugir da crise ou criar outra crise como fez Jonas, entretanto buscar em Deus uma resposta como fez Josafá. Quando eu não tenho uma solução para o meu problema, eu busco em Deus uma saída. Deus não nos verá como pessoas desequilibradas só pelo fato de apresentarmos sentimentos limitadores diante do caos. Devo apenas me lembrar que resolver o impossível nunca estará em minhas mãos.

“porque nada é impossível para Deus”.( Lucas 1:37).

Quando me lembro disto, posso sentir um grande alívio. Sentimentos limitadores são passageiros e me fazem enxergar que o controle está nas mãos de um Deus que tem todo o universo em suas mãos. Assim como Josafá precisamos pedir socorro ao Senhor de acordo com sua promessa. Precisamos entender que a decisão final de nossas vidas sempre estará na agenda soberana de Deus.

Se algum mal nos sobrevier, espada, juízo, peste, ou fome, nós nos apresentaremos diante desta casa e diante de ti, pois teu nome está nesta casa, e clamaremos a ti na nossa angústia, e tu nos ouvirás e livrarás.(2 Cr 20.9)

Todas as vezes que enfrentarmos qualquer calamidade como a guerra, doença, fome ou qualquer outra crise, podemos nos colocar diante da presença do Senhor,no seu Santo Templo e Ele vai nos ouvir, não apenas nos ouvirá, mas providenciará livramento.
Crises são um poderoso instrumento para nos aproximar de Deus e de sua poderosa Palavra. Crises são ótimos agentes de experiência com Deus , pois testemunhamos o seu poder e então podemos dizer a outros:”Se aconteceu comigo também pode acontecer com você”, “se eu venci você também poderá vencer!”
Josafá ficou inquieto em sua alma. Este é o primeiro sentimento que temos diante de uma situação desesperadora, pois somos humanos e limitados. Nossa força humana é desestabilizada em momentos como esse. Josafá era um homem de Deus. Ele tinha fé, tanto que provocou uma reforma religiosa em seu governo, pois o povo havia se afastado da fé em Deus e se entregado à adoração de ídolos. Certamente ele ficou sem entender nada: “Por que tudo isso está acontecendo? Eu fiz e procuro fazer a vontade de Deus e agora estou diante de uma situação que não posso controlar. Susan Ashton, cantora de Country gospel declarou:” “Deus está no controle e o tempo dele é perfeito , não importa o quanto seja difícil acreditamos nisso em alguns momentos”. Precisamos apenas confiar e nos render totalmente a esse santo controle.
O rei Josafá decidiu confiar no controle de Deus e tomou uma atitude de não fugir da crise no seu reinado. Ele resolve convocar todo o povo para orar e pedir socorro ao Senhor. Uma atitude de verdadeiramente se posicionar no momento difícil e não sucumbir em meio á adversidade.
A vida nem sempre é fácil. Ás vezes, somos atingidos por golpes inesperados e passamos por problemas bastante complicados. Alguns períodos podem ser mais dolorosos, mas nos ajudam a crescer. Não imagine que suas crises serão eternos tormentos e fantasmas duradouros porque se você se condicionar a enfrentar uma dificuldade como sendo ela interminável, sua angústia só vai crescer, assim como seu desânimo e porque não dizer seu desespero. Robert Frost , um importante poeta dos Estados Unidos declarou:”a melhor saída é seguir em frente…”Esta é a melhor escolha que podemos fazer se de fato desejamos dar a volta por cima. Jesus estava sempre encorajando os discípulos a prosseguir quando eles fracassavam.

O Apóstolo Pedro tentou pescar a noite toda e mesmo com toda experiência voltou com suas redes vazias. Entretanto Jesus o motivou a tentar novamente só que dessa vez na direção que o Mestre o orientasse e Pedro lança novamente as redes,então um milagre sobrenatural acontece, pois as redes estavam rompendo de tanto peixe.
“Aconteceu que, ao apertá-lo a multidão para ouvir a palavra de Deus, estava ele junto ao lago de Genesaré; e viu dois barcos junto à praia do lago; mas os pescadores, havendo desembarcado, lavavam as redes. Entrando em um dos barcos, que era o de Simão Pedro, pediu-lhe para afastar-se um pouco da praia; e, assentando-se, ensinava do barco as multidões. Quando acabou de falar disse a Simão: faze-te ao largo, e lançai as vossas redes para pescar. Respondeu Simão: Mestre, havendo trabalhado toda noite, nada apanhamos, mas sob a tua palavra lançarei as redes. Isto fazendo, apanharam grande quantidade de peixes; e rompiam-se-lhes as redes”.(Lucas 5:1-6).

Muitas crises começam porque não ouvimos a direção de Jesus. O profeta Jonas estava fugindo da crise que ele mesmo havia se lançado. Pedro lançou as redes na direção que o Mestre mandou e experimentou uma pesca abundante.
Está na hora de você lançar novamente suas redes!Chegou o tempo de você fazer tudo na direção que o Mestre Jesus mandar. Quando era criança gostava muito de uma brincadeira onde nos perguntávamos : fazei tudo que o mestre mandar? E num único coro, nós respondíamos: ”Faremos todos!” Sabe qual é o problema? O problema é que agente cresce e pensa poder fazer tudo do nosso jeito e não do jeito que o Mestre manda. Mas o jeito de Deus é sempre melhor que o nosso, a maneira de Deus é e sempre será a mais perfeita.
Precisamos fazer tentativas debaixo de uma Palavra de Jesus. Siga suas orientações e enfrente as crises em Nome do Senhor dos Exércitos, porque você será vencedor. Pare de dar desculpas para o seu crescimento e avanço , não coloque a culpa em ninguém, olhe para si mesmo e veja o quanto você é capaz e grandioso demais para impor limitações ao seu futuro.
Uma empresa estava dando prejuízo e os funcionários sentiam-se extremamente desmotivados. Era preciso fazer algo para reverter o caos. Ninguém, porém, queria assumir nada. Pelo contrário, o pessoal apenas reclamava que as coisas andavam ruins e que não havia perspectiva de progresso na empresa.
Um dia, quando os funcionários chegaram para trabalhar, encontraram na portaria um cartaz no qual estava escrito: “Faleceu ontem a pessoa que impedia o seu crescimento na empresa”. Você está convidado para o velório na quadra de esportes”. Todos ficaram curiosos para saber que pessoa andara impedindo o crescimento deles na empresa. E foram lá ver. Conforme os funcionários se aproximavam do caixão, a excitação aumentava:
– Quem será que andava atrapalhando o meu progresso? Ainda bem que esse infeliz morreu…
Um a um, agitados, os funcionários aproximavam-se do caixão, olhavam para dentro dele e engoliam em seco, caindo em seguida no mais absoluto silêncio, como se tivessem sido atingidos no fundo da alma. No visor do caixão, havia sido colocado um espelho. A mensagem atingiu a todos: só existe uma pessoa capaz de limitar seu crescimento e o da empresa: você mesmo.
Só existe uma pessoa capaz de impedir que você dê a volta por cima: VOCÊ MESMO.

“Porque assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos.” (Is 55.9)

Repare no que Deus disse para Josafá em 2 Cr 20.17: “Nesta batalha não tereis que pelejar; postai-vos, ficai parados, e vede a salvação do SENHOR para convosco, ó Judá e Jerusalém. Não temais, nem vos assusteis; amanhã saí-lhes ao encontro, porque o SENHOR será convosco.”
Isto significa que precisamos crer que quando as coisas se complicarem a nossa esperança de salvamento virá do Senhor. Se Deus prometeu estar conosco eu preciso descansar em seus braços e apenas esperar pelo livramento. Somos fracos e frágeis, mas Aquele que está em nós é maior do que aquele que está no mundo.

Deus está pedindo o seguinte: “Parem de andar de um lado para o outro, com as duas mãos sobre a cabeça como se não houvesse mais saída, Eu estou com você , prometi estar sempre até a consumação dos séculos, Sou Emanuel, Deus com você, socorro bem presente na hora da angústia! Eu tenho livramento para sua crise! Você pode estar se sentindo como em uma noite sombria, mas eu vou anunciar um novo tempo para sua vida.
Todos somos oprimidos pelas dificuldades, porém não somos esmagados nem despedaçados. Ficamos perplexos porque não sabemos a razão de certas coisas nos acontecerem assim, porém não desanimamos nem desistimos. Somos perseguidos, mas Deus nunca nos abandona. Somos derrubados, mas nos erguemos e prosseguimos.
Assim como Jesus nos sentimos muitas vezes como se entregue a morte como ovelhas indo para o matadouro, mas nada nos separará do amor de Deus que está em Cristo Jesus. O que nos fará vencer as crises é a certeza que Cristo habita em nós. Cristo em nós a esperança da glória. Ele está em nós para nos capacitar a enfrentar as dificuldades.
Deus mandou o profeta Jonas ir até Nínive. Ele deu uma ordem para que Jonas fosse para um lugar que estava em crise por causa de uma profunda idolatria. Deus , muitas vezes nos dá umas ordens estranhas que parecem não ter sentido para nós. Josafá estava diante de um exército numeroso de inimigos e a estratégia de Deus foi adorar. Como assim? É como se Deus estivesse dizendo a Josafá: “pegue as flautas, todos os instrumentos e comece a cantar”. Mas… “Flauta não mata ninguém Senhor!

“E aconselhou-se com o povo, e ordenou cantores para o SENHOR, que louvassem à Majestade santa, saindo diante dos armados, e dizendo: Louvai ao SENHOR porque a sua benignidade dura para sempre.E, quando começaram a cantar e a dar louvores, o SENHOR pôs emboscadas contra os filhos de Amom e de Moabe e os das montanhas de Seir, que vieram contra Judá, e foram desbaratados.”(2 Cr 20.21-22)

Ás vezes realmente é muito difícil entender uma estratégia de Deus. Mesmo que a ordem ou a direção de Deus pareça estranha ou sem sentido prefira seguir os seus comandos porque promessas nem sempre se cumprem de acordo com padrões humanos.
Ló quando se separou de Abraão ele decidiu escolher a campina do Jordão. Nem sempre um pasto verdejante é a garantia de um futuro de colheita se você não fizer tudo que seu Mestre mandar. Abraão não se precipitou na sua escolha, não ficou em crise na hora de decidir. Sabe porque? Se Deus está indo na minha frente de que mais eu preciso?
Se Deus está indo na minha frente porque me preocupar com o futuro?
Se Deus está indo na minha frente eu não vou nem olhar para trás e nem me impressionar com nenhuma crise porque onde quer que eu esteja, o que quer que eu possa enfrentar , em Cristo eu serei mais que vencedor!
Se Deus está indo na minha frente não interessa o que não deu certo, o que interessa que agora vai começar a dar tudo certo. Se Deus está comigo deserto vira pomar, Se Deus está comigo até no inverno eu vendo picolé.
Se Deus está comigo e eu decidi dar a volta por cima nada pode me deter, nada pode me impedir. Não importa a crise que você possa estar passando, Deus é sua retaguarda, sua dianteira, e destruirá todos os obstáculos para o seu milagre assim como Ele fez com os inimigos que se levantaram contra Josafá.

“Eu irei adiante de ti, e endireitarei os caminhos tortuosos; quebrarei as portas de bronze, e despedaçarei os ferrolhos de ferro”.(Is 45.2)

Enfrente a crise e seja vitorioso em Nome de JESUS CRISTO.