Saia da caverna e viva um novo tempo

segunda-feira, 17 de abril de 2017

I Reis 19: 1- 18

1 Ora, Acabe fez saber a Jezabel tudo quanto Elias havia feito, e como matara à espada todos os profetas.
2 Então Jezabel mandou um mensageiro a Elias, a dizer-lhe: Assim me façam os deuses, e outro tanto, se até amanhã a estas horas eu não fizer a tua vida como a de um deles.
3 Quando ele viu isto, levantou-se e, para escapar com vida, se foi. E chegando a Berseba, que pertence a Judá, deixou ali o seu moço.
4 Ele, porém, entrou pelo deserto caminho de um dia, e foi sentar-se debaixo de um zimbro; e pediu para si a morte, dizendo: Já basta, ó Senhor; toma agora a minha vida, pois não sou melhor do que meus pais.
5 E deitando-se debaixo do zimbro, dormiu; e eis que um anjo o tocou, e lhe disse: Levanta-te e come.
6 Ele olhou, e eis que à sua cabeceira estava um pão cozido sobre as brasas, e uma botija de água. Tendo comido e bebido, tornou a deitar-se.
7 O anjo do Senhor veio segunda vez, tocou-o, e lhe disse: Levanta-te e come, porque demasiado longa te será a viagem.
8 Levantou-se, pois, e comeu e bebeu; e com a força desse alimento caminhou quarenta dias e quarenta noites até Horebe, o monte de Deus.
9 Ali entrou numa caverna, onde passou a noite. E eis que lhe veio a palavra do Senhor, dizendo: Que fazes aqui, Elias?
10 Respondeu ele: Tenho sido muito zeloso pelo Senhor Deus dos exércitos; porque os filhos de Israel deixaram o teu pacto, derrubaram os teus altares, e mataram os teus profetas à espada; e eu, somente eu, fiquei, e buscam a minha vida para ma tirarem.
11 Ao que Deus lhe disse: Vem cá fora, e põe-te no monte perante o Senhor: E eis que o Senhor passou; e um grande e forte vento fendia os montes e despedaçava as penhas diante do Senhor, porém o Senhor não estava no vento; e depois do vento um terremoto, porém o Senhor não estava no terremoto;
12 E depois do terremoto um fogo, porém o Senhor não estava no fogo; e ainda depois do fogo uma voz mansa e delicada.
13 E ao ouvi-la, Elias cobriu o rosto com a capa e, saindo, pôs-se à entrada da caverna. E eis que lhe veio uma voz, que dizia: Que fazes aqui, Elias?
14 Respondeu ele: Tenho sido muito zeloso pelo Senhor Deus dos exércitos; porque os filhos de Israel deixaram o teu pacto, derrubaram os teus altares, e mataram os teus profetas à espada; e eu, somente eu, fiquei, e buscam a minha vida para ma tirarem.
15 Então o Senhor lhe disse: Vai, volta pelo teu caminho para o deserto de Damasco; quando lá chegares, ungirás a Hazael para ser rei sobre a Síria.
16 E a Jeú, filho de Ninsi, ungirás para ser rei sobre Israel; bem como a Eliseu, filho de Safate de Abel-Meolá, ungirás para ser profeta em teu lugar.
17 E há de ser que o que escapar da espada de Hazael, matá-lo-á Jeú; e o que escapar da espada de Jeú, matá-lo-á Eliseu.
18Todavia deixarei em Israel sete mil: todos os joelhos que não se dobraram a Baal, e toda boca que não o beijou.

Jezabel mesmo depois da vitória de Elias contra os seus 450 profetas de Baal, ameaça-o com o poder dos deuses dela.Elias para salvar a sua vida foi para o deserto

• Deprimido desejou sua própria morte;
• Elias teve medo da mensagem de Jezabel;
• Desanimado ele deitou-se e dormiu;
• O sono neste caso é um sinal do desânimo de Elias;
• Deus não desiste de Elias e manda um anjo para o alimentar;
• A caverna é uma armadilha do diabo;
• Elias caminha 40 dias e noites (40 = provação) até o monte do Senhor;
• Elias não esteve sozinho como acreditava, Deus deixou mais 7000 fieis;
• Deus tinha um propósito para Elias e ele ainda ungiu dois reis e o seu sucessor Eliseu;
• Elias preparou estes reis que destruíram Jezabel;
• Deus arrebatou Elias direto para os céus;
• Elias não passou pela morte que chegou até a pedir a Deus.

O que Deus quer falar conosco é a respeito de transformação.
Precisamos fazer parte do propósito de Deus e não ficarmos relembrando as obras do passado.

Efésios 5:14

“Pelo que diz: Desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te iluminará”.

• O sono em excesso é fuga (depressão e desânimo);
• Precisamos vigiar para que mesmo na presença de Deus, não voltemos a dormir;
• O Senhor não quer nos ver em cavernas;
• Oramos muito por nossas causas, quando elas não acontecem , desanimamos e nos colocamos em cavernas novamente;
• No monte de Deus, Elias estava numa caverna e Deus não desistiu dele e nem vai desistir de você;
• Deus não entra em cavernas, pois Ele pode nos tirar de lá se desejarmos;
• Lembre-se que a caverna é a armadilha do diabo;

Filipenses 4:13

“Posso todas as coisas naquele que me fortalece”.

• Tudo posso naquele que me fortalece, mas nem tudo é lícito;
• Devemos parar de reclamar ao mundo nossa situação de incredibilidade;
• Abra seu coração para Deus, não esconda de Deus as suas dificuldades e decepções;
• Não devemos procurar orações prontas, mas ser sincero com Deus;
• O propósito de Deus é individual e não coletivo;
• Não devemos colocar a responsabilidade nos outros;
• Podemos receber carinho e atenção de todos, mas mesmo assim, podemos nos sentir sozinhos, mas lembre-se que Deus nunca nos abandona;
• Não devemos fazer para Deus e sim com Deus;
• O diabo sempre irá nos ameaçar, mas não podemos parar;
• Você nunca esteve só, Deus está sempre em você (até aqui o Senhor nos sustentou);

Não se isole, pois Deus vai revirar a sua vida e te surpreender.

SAIA DA CAVERNA E VIVA UM NOVOTEMPO!